FANDOM


 
(16 edições intermediárias de 3 usuários não apresentadas)
Linha 1: Linha 1:
[[Arquivo:Heimlich_Hospital.jpg|thumb|299px]]==Introdução==
+
{{Lugar
O '''Hospital Heimlich''' era um hospital que situava-se perto do [[Armazém Geral Última Chance]]. Tinha por volta de quatro andares, e uma característica marcante da construção é que metade do hospital estava inacabada. No subsolo, havia uma antecâmara, que levava a uma [[Biblioteca de Registros]]. A estrutura inteira é equipada de caixas de som, fazendo com que sejam mais recebidos os anúncios feitos pela diretora dos Recursos Humanos, [[Babs]]. Esta afirmou que a coisa mais importante que o hospital fazia era a guarda de documentos. O hospital inteiro foi queimado por [[Conde Olaf]].
+
|imagem = [[Arquivo:Hospital Heimlich.jpg|250px]]
  +
|nome = Hospital Heimlich
  +
|tipo = Hospital
  +
|localizaçao = [[Sertões]]
  +
|posse =
  +
|destino = Destruído em incêndio pelo [[conde Olaf]] em [[O Hospital Hostil]]
  +
}}
  +
O '''Hospital Heimlich''' era um hospital que situava-se perto do [[Armazém Geral Última Chance]], e foi visto pela primeira vez no oitavo livro, ''[[O Hospital Hostil]]''.
   
==Empregados==
+
Tinha por volta de quatro andares, e uma característica marcante da construção é que metade do hospital estava inacabada. No subsolo, havia uma antecâmara, que levava a uma [[Biblioteca de Registros]]. A estrutura inteira é equipada de caixas de som, fazendo com que sejam mais recebidos os anúncios feitos pela diretora dos Recursos Humanos, [[Babs]]. Esta afirmou que a coisa mais importante que o hospital fazia era a arquivação de documentos. No fim do livro, o hospital inteiro foi queimado pelo [[conde Olaf]] e por [[Esmé Squalor]].
  +
  +
== Metade inacabada ==
  +
A metade inacabada do Hospital Heimlich era uma das duas partes do hospital, e era pouco mais do que vigas de madeira. Em ''[[O Hospital Hostil]]'', os irmãos [[Baudelaire]] dormiram nesta parte do hospital.
  +
  +
== Metade acabada ==
  +
A parte terminada era um lugar bonito onde todo o trabalho era feito no Hospital Heimlich. Esta parte contém todas as coisas que o hospital necessita.
  +
  +
=== Alas ===
  +
* Ala Cirúrgica
  +
* Ala da Dor de Garganta
  +
* Ala da Peste
  +
* Ala da Pneumonia
  +
* Ala das Gargantas Inflamadas
  +
* Ala do Pescoço Quebrado
  +
* Ala dos Dedões Topados
  +
* Ala dos Ouvidos
  +
* Ala dos que Engoliram por Acidente Alguma Coisa que Não Deviam ter Engolido
  +
* Ala para Pessoas com Brotoejas Graves
  +
  +
=== Quartos ===
  +
* Quarto 105 ([[Bernard Rieux]], com tosse seca horrível)
  +
* Quarto 201 ([[Jonah Mapple]], com enjoo de mar)
  +
* Quarto 714 ([[Charley Anderson]], ferido em acidente)
  +
* Quarto 922 ([[Anfiteatro Cirúrgico]])
  +
* Quarto 1308 ([[Clarissa Dalloway]], aparentemente saudável)
  +
* Quarto 2611 ([[Emma Bovary]], com intoxicação alimentar)
  +
  +
[[Arquivo:Anfiteatro Cirúrgico.jpg|thumb|right|100px|Anfiteatro Cirúrgico.]]
  +
  +
=== ''Closets'' ===
  +
Os ''closets'' de suprimentos do Hospital Heimlich são salinhas apertadas que continham, entre outras coisas, latas de [[Lista de comidas#O Hospital Hostil|sopa de letrinhas]], caixas de elásticos, jalecos de médico e uma pia enferrujada para os médicos lavarem as mãos.
  +
  +
Em [[O Hospital Hostil]], [[Klaus Baudelaire|Klaus]] e [[Sunny Baudelaire]] se esconderam em um ''closet'' e usaram os jalecos e máscaras cirúrgicas para se disfarçarem. Mais tarde, Klaus e Sunny, desta vez com [[Violet Baudelaire|Violet]], entraram em outro ''closet'', idêntico ao anterior, mas este estava localizado na Ala para Pessoas com Brotoejas Graves, no segundo andar do hospital.
  +
  +
=== Anfiteatro Cirúrgico ===
  +
:''Ver artigo principal: [[Anfiteatro Cirúrgico]]''
  +
O Anfiteatro Cirúrgico era uma sala grande e escura com um candelabro no teto. Neste local, seria feita a operação de [[craniectomia]] em Violet Baudelaire.
  +
  +
=== Biblioteca de Registros ===
  +
:''Ver artigo principal: [[Biblioteca de Registros]]''
  +
[[Arquivo:Biblioteca de Registros.jpg|thumb|left|150px|Violet na Biblioteca de Registros.]]
  +
A Biblioteca de Registros era uma biblioteca com uma coleção de documentos, presente no subsolo do Hospital Heimlich. Era precedida de uma antecâmara, com uma mesa sobre a qual está uma tigela de frutas. [[Hal]] era o responsável por monitorar a biblioteca e seu acervo.
  +
  +
=== Gabinete da diretora de Recursos Humanos ===
  +
{{Citar| ''[...]'' era pequeno, com uma escrivaninha pequena, duas cadeiras pequenas e uma janela pequena ornamentada com duas cortinas pequenas. Sobre o peitoril, havia um pequeno vaso de flores amarelas, e na parede, um pequeno retrato, de muito bom gosto, de um homem levando um cavalo para uma pequena lagoa de água doce.|Descrição do gabinete|O Hospital Hostil}}
  +
O gabinete de [[Babs]], a diretora de Recursos Humanos, era uma sala pequena no Hospital Heimlich. Os irmãos Baudelaire foram até lá no início de [[O Hospital Hostil]] para pedirem emprego na Biblioteca de Registros. Eles se surpreenderam quando não encontraram Babs no escritório, e sim um intercomunicador em cima da escrivaninha, por onde ela falava.
  +
  +
== Funcionários ==
 
Pelo que é dito no livro [[O Hospital Hostil]], o estabelecimento tinha os seguintes empregados:
 
Pelo que é dito no livro [[O Hospital Hostil]], o estabelecimento tinha os seguintes empregados:
   
*[[Babs]]
+
* [[Babs]]
*[[Hal]]
+
* [[Hal]]
*[[Combatentes pela Saúde do Cidadão]]
+
* [[Combatentes pela Saúde do Cidadão]] {{C|trabalho voluntário}}
  +
* [[Mattathias]] {{C|curto período de tempo}}
  +
* [[Violet Baudelaire]] {{C|curto período de tempo}}
  +
* [[Klaus Baudelaire]] {{C|curto período de tempo}}
  +
* [[Sunny Baudelaire]] {{C|curto período de tempo}}
  +
  +
== Pacientes ==
  +
Pelo que é dito no livro [[O Hospital Hostil]], o estabelecimento tinha os seguintes pacientes:
  +
  +
{{Col-início}}{{Col-2}}
  +
* [[Bernard Rieux]]
  +
* [[Cynthia Vane]]
  +
* [[Jonah Mapple]]
  +
* [[Charley Anderson]]
  +
* [[Clarissa Dalloway]]
  +
* [[Emma Bovary]]
  +
* [[Anagrama|Laura V. Bleediotie]] (Violet Baudelaire)
  +
* [[Anagrama|Carrie E. Abelabudite]]
  +
* [[Anagrama|Monty Kensicle]]
  +
{{Col-2}}
  +
* [[Anagrama|Linda Rhaldeen]]
  +
* [[Anagrama|Eriq Bluthetts]]
  +
* [[Anagrama|Al Brisnow]]
  +
* [[Anagrama|Lisa N. Lootnday]]
  +
* [[Anagrama|Ruth Dércroump]]
  +
* [[Anagrama|Ned H. Rirger]]
  +
* Albert E. Deviloeia
  +
* Ed Valiantbrue
  +
* Ada O. Übervillet
  +
{{Col-fim}}
  +
  +
== Aparições ==
  +
{{Imagecat|Imagens do Hospital Heimlich}}
  +
*''[[O Hospital Hostil]]'' {{1a}}
  +
*''[[O Espetáculo Carnívoro]]'' {{ma}}
  +
*''[[O Escorregador de Gelo]]'' {{ma}}
  +
*''[[A Gruta Gorgônea]]'' {{ma}}
  +
*''[[O Penúltimo Perigo]]'' {{ma}}
  +
*''[[O Fim]]'' {{ma}}
   
==Alas, Quartos e ''Closets''==
+
== Referências ==
O hospital, além disso, tinha muitas divisões:
+
{{Reflist}}
   
*Biblioteca de Registros
+
{{Desventuras em Série}}
*''Closet'' #1
+
[[Categoria:Lugares]]
*''Closet'' #2
+
[[Categoria:Lugares incendiados]]
*Quarto 201 (pessoa com enjoo de mar)
+
[[Categoria:Hospitais]]
*Quarto 714 (pessoa ferida em acidente)
 
*Quarto 1308 (pessoa aparentemente saudável)
 
*Quarto 2611 (pessoa com intoxicação alimentar)
 
*Ala da Peste - Quarto 105
 
*Ala da Dor de Garganta
 
*Ala do Pescoço Quebrado
 
*Ala da Pneumonia
 
*Ala das Brotoejas Graves
 
*Ala Cirúrgica - Quarto 922 - [[Anfiteatro Cirúrgico]]
 
*Ala das Gargantas Inflamadas
 
*Ala dos Dedões Topados
 
*Ala dos que Engoliram por Acidente Alguma Coisa que Não Deviam ter Engolido
 

Edição atual tal como às 05h34min de 5 de setembro de 2018

Hospital Heimlich
Hospital Heimlich
Informações do lugar
Tipo

Hospital

Localização

Sertões

Destino

Destruído em incêndio pelo conde Olaf em O Hospital Hostil

O Hospital Heimlich era um hospital que situava-se perto do Armazém Geral Última Chance, e foi visto pela primeira vez no oitavo livro, O Hospital Hostil.

Tinha por volta de quatro andares, e uma característica marcante da construção é que metade do hospital estava inacabada. No subsolo, havia uma antecâmara, que levava a uma Biblioteca de Registros. A estrutura inteira é equipada de caixas de som, fazendo com que sejam mais recebidos os anúncios feitos pela diretora dos Recursos Humanos, Babs. Esta afirmou que a coisa mais importante que o hospital fazia era a arquivação de documentos. No fim do livro, o hospital inteiro foi queimado pelo conde Olaf e por Esmé Squalor.

Metade inacabada Editar

A metade inacabada do Hospital Heimlich era uma das duas partes do hospital, e era pouco mais do que vigas de madeira. Em O Hospital Hostil, os irmãos Baudelaire dormiram nesta parte do hospital.

Metade acabada Editar

A parte terminada era um lugar bonito onde todo o trabalho era feito no Hospital Heimlich. Esta parte contém todas as coisas que o hospital necessita.

Alas Editar

  • Ala Cirúrgica
  • Ala da Dor de Garganta
  • Ala da Peste
  • Ala da Pneumonia
  • Ala das Gargantas Inflamadas
  • Ala do Pescoço Quebrado
  • Ala dos Dedões Topados
  • Ala dos Ouvidos
  • Ala dos que Engoliram por Acidente Alguma Coisa que Não Deviam ter Engolido
  • Ala para Pessoas com Brotoejas Graves

Quartos Editar

Anfiteatro Cirúrgico

Anfiteatro Cirúrgico.

Closets Editar

Os closets de suprimentos do Hospital Heimlich são salinhas apertadas que continham, entre outras coisas, latas de sopa de letrinhas, caixas de elásticos, jalecos de médico e uma pia enferrujada para os médicos lavarem as mãos.

Em O Hospital Hostil, Klaus e Sunny Baudelaire se esconderam em um closet e usaram os jalecos e máscaras cirúrgicas para se disfarçarem. Mais tarde, Klaus e Sunny, desta vez com Violet, entraram em outro closet, idêntico ao anterior, mas este estava localizado na Ala para Pessoas com Brotoejas Graves, no segundo andar do hospital.

Anfiteatro Cirúrgico Editar

Ver artigo principal: Anfiteatro Cirúrgico

O Anfiteatro Cirúrgico era uma sala grande e escura com um candelabro no teto. Neste local, seria feita a operação de craniectomia em Violet Baudelaire.

Biblioteca de Registros Editar

Ver artigo principal: Biblioteca de Registros
Biblioteca de Registros

Violet na Biblioteca de Registros.

A Biblioteca de Registros era uma biblioteca com uma coleção de documentos, presente no subsolo do Hospital Heimlich. Era precedida de uma antecâmara, com uma mesa sobre a qual está uma tigela de frutas. Hal era o responsável por monitorar a biblioteca e seu acervo.

Gabinete da diretora de Recursos Humanos Editar

[...] era pequeno, com uma escrivaninha pequena, duas cadeiras pequenas e uma janela pequena ornamentada com duas cortinas pequenas. Sobre o peitoril, havia um pequeno vaso de flores amarelas, e na parede, um pequeno retrato, de muito bom gosto, de um homem levando um cavalo para uma pequena lagoa de água doce.

— Descrição do gabinete[fonte]

O gabinete de Babs, a diretora de Recursos Humanos, era uma sala pequena no Hospital Heimlich. Os irmãos Baudelaire foram até lá no início de O Hospital Hostil para pedirem emprego na Biblioteca de Registros. Eles se surpreenderam quando não encontraram Babs no escritório, e sim um intercomunicador em cima da escrivaninha, por onde ela falava.

Funcionários Editar

Pelo que é dito no livro O Hospital Hostil, o estabelecimento tinha os seguintes empregados:

Pacientes Editar

Pelo que é dito no livro O Hospital Hostil, o estabelecimento tinha os seguintes pacientes:

Aparições Editar

Wiki
A Desventuras em Série Wiki possui 1 imagem relacionada a Hospital Heimlich.

Referências Editar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.