Desventuras em Série Wiki

Editando

Conde Olaf

1
  • A edição pôde ser desfeita. Por gentileza, verifique o comparativo a seguir para se certificar de que é isto que deseja fazer, salvando as alterações após ter terminado de revisá-las.
ver versão atual Seu texto
Linha 69: Linha 69:
   
 
Olaf tinha algo a ver com a cisão que separou C.S.C. Isto é sugerido em uma carta que [[Jacques Snicket]] escreveu a [[Jerome Squalor]]. A carta dizia que um voluntário referido apenas como ''O.'' estava agindo de tal forma violenta que suas ações causaram a divisão em dois da organização. Como os membros de C.S.C. muitas vezes usam a primeira letra de seus nomes, O. é a inicial atribuída a Olaf. Muitos membros de C.S.C., como o [[capitão Andarré]], muitas vezes usam o nome de Olaf imediatamente quando se fala sobre a traição a partir da cisão. Isto sugere que Olaf fez uma grande quantidade de danos à C.S.C., mais do que a maioria dos outros vilões envolvidos, promovendo o conceito de ele ser um dos líderes da cisão.
 
Olaf tinha algo a ver com a cisão que separou C.S.C. Isto é sugerido em uma carta que [[Jacques Snicket]] escreveu a [[Jerome Squalor]]. A carta dizia que um voluntário referido apenas como ''O.'' estava agindo de tal forma violenta que suas ações causaram a divisão em dois da organização. Como os membros de C.S.C. muitas vezes usam a primeira letra de seus nomes, O. é a inicial atribuída a Olaf. Muitos membros de C.S.C., como o [[capitão Andarré]], muitas vezes usam o nome de Olaf imediatamente quando se fala sobre a traição a partir da cisão. Isto sugere que Olaf fez uma grande quantidade de danos à C.S.C., mais do que a maioria dos outros vilões envolvidos, promovendo o conceito de ele ser um dos líderes da cisão.
 
Outro fator que comprova esse fato, aparece na Autobiografia não Autorizada (página 33) onde há uma transcrição de uma ata de reunião de C.S.C. onde eles começam a suspeitar que havia alguém traindo a organização. No final dela, a sala é invadida por duas pessoas, referidas como O. e E., podendo ser Olaf e Esmé Squalor. Essas duas pessoas assumem que há sim traidores dentro da organização, e que eram eles.
 
   
 
Olaf estava envolvido com C.S.C. por vários anos e conhece muitos, se não todos, os segredos que cercam a organização e que os irmãos Baudelaire procuram descobrir. Ele também é responsável por numerosos incêndios, mortes e planos de ganhar o controle de todas as fortunas dos voluntários, por vingança e ganância.
 
Olaf estava envolvido com C.S.C. por vários anos e conhece muitos, se não todos, os segredos que cercam a organização e que os irmãos Baudelaire procuram descobrir. Ele também é responsável por numerosos incêndios, mortes e planos de ganhar o controle de todas as fortunas dos voluntários, por vingança e ganância.
  Carregando editor