FANDOM


CM. Kornbluth
Informações biográficas
Nascimento

Desconhecido

Morte

Possível[1]

Informações físicas
Gênero

Masculino

Afiliações
Profissão

Voluntário

Lealdade
.

CM. Kornbluth foi um voluntário de C.S.C. Seu nome foi apenas mencionado no décimo livro, O Escorregador de Gelo.

Ele passou a maior parte de sua vida morando e trabalhando no Vale das Correntezas que Sopram Constantes como o instrutor de mecânica da base de operações de C.S.C. Diz-se que a única coisa que poderia deixá-lo de bom humor era um estudante de mecânica especialmente promissor. Ele conheceu Beatrice Baudelaire, e também teve uma amizade com ela.

O sr. Kornbluth era um homem que usava óculos, quieto, misterioso e cheio de segredos, e ninguém nunca soube de onde ele veio nem o que o "C" e o "M" de seu nome significavam. Ele sempre carregava um saquinho de papel com pistaches no bolso, e passou grande parte de seu tempo livre enfurnado em seu quarto do dormitório, escrevendo histórias estranhas, ou olhando para fora das janelas da cozinha.

Esmé Squalor mencionou em O Escorregador de Gelo que ela conseguiria a fortuna Kornbluth com o sequestro dos Escoteiros da Neve. Por isso, é possível que o sr. Kornbluth teve filhos, e que pelo menos um deles era um escoteiro, e foi raptado pelo conde Olaf nas Montanhas de Mão-Morta.

É também presumível, mas não totalmente confirmado, que CM. Kornbluth já tenha morrido.[1]

Aparições Editar

Referências Editar

  1. 1,0 1,1 Lemony Snicket afirma em O Escorregador de Gelo que o sr. Kornbluth e seus pistaches partiram há muito tempo. No entanto, isto não quer dizer necessariamente que ele morreu, pode significar simplesmente que ele foi embora ou fugiu da base de operações.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.